sábado, 20 de janeiro de 2018

Bunker de Soratte



Bunker de Soratte

Por Luca Gabriele Merli

A poucos quilómetros de Roma esconde-se uma parte da história do nosso século XX de que muitos, ainda hoje, ignoram a existência. É o Bunker do Monte Soratte, posto avançado de guerra que, durante a Segunda Guerra Mundial, o comando do General Albert Kesselring, que naquele canto remoto da Itália liderou de setembro de 1943 a junho de 1944 as frentes de guerra de toda A Europa do Sul. 
 


Localizado 300 metros abaixo do nível do mar, no território do município de Sant' Orestes, pouco mais ao norte do Lago de Bracciano, o Bunker Soratte foi construído em 1937 por Mussolini, sob os falsos pretextos de fábrica das armas da Breda. Com efeito, nos objetivos do Duce, este labirinto de túneis subterrâneos deveria servir como abrigo anti-bomba para os altos cargos do exército italiano.
 
Ainda hoje a estrutura - cerca de 4 km de comprimento, mas concebida para chegar a 14 km - representa uma das mais impressionantes obras de Engenharia Militar da Europa.
No momento do desembarque dos aliados na Sicília, logo após o armistício italiano, a galeria foi ocupada pelas tropas alemãs de Kesselring, que tinham por missão bloquear a ascensão dos invasores. 
 
 
Durante os dez meses de permanência alemã - de 13 de setembro de 43 a 3 de junho de 44 o Bunker Soratte resistiu também a um violento ataque aéreo, que lhe causou alguns danos, sem contudo afetar a sua estrutura.

No percurso ao longo do ventre do Soratte, podem ser admirados veículos históricos militares e civis, incluindo mísseis e tanques que foram da artilharia alemã. Descendo ainda mais em profundidade pode ser então visitado o bunker à prova de bomba atômica, apto a acolher os membros do governo e o presidente da República Italiana em caso de consequências nefastas durante os anos da guerra fria.
 
Fonte:  
 
(texto e algumas fotos)

Compartilhado no Facebook pelo
Grande Historiador Italiano:
 
 
Algumas fotos retiradas da Internet pelo autor do Blog
 
Espero que tenham apreciado.
Forte Abraço!
Osmarjun 
 

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

U.S. M20 Armored Utility Car - 1:35 Tamiya - parte 6


Primeira atualização do M 20 no Ano Novo!


Wash na Menina!






Fixando uma pequena Árvore no morro



trabalhando a pequena árvore


lamaçal
base quase finalizada, faltam ainda pequenos detalhes

Até o próximo post...
Forte Abraço!
Osmarjun

domingo, 7 de janeiro de 2018

A Aranha (Die Spinne) Um Breve Olhar Sobre a História!


A Aranha


Foi uma organização Pós-Segunda Guerra Mundial formada com intuito de ajudar certos criminosos de guerra nazistas a escaparem da justiça. A sua existência ainda é debatida até hoje. Alguns historiadores acreditam que foi um braço da organização alemã nazista de ODESSA estabelecida durante o colapso do Terceiro Reich, dedicado a ajudar os criminosos de guerra alemães a fugirem da Europa. 
Foi levada em parte por Otto Skorzeny, chefe de comando de Hitler, bem como o oficial de inteligência nazista Reinhard Gehlen. Die Spinne (A Aranha) ajudou até 600 homens da SS a escaparem da Alemanha para a Espanha franquistaArgentina, Paraguai, Chile, Bolívia, Oriente Médio e outros países.

Otto Skorzeny

Reinhard Gehlen

Die Spinne foi criada por Skorzeny usando também os alemães Robert Steinbacher e Otto Steinbauer, e apoiado por fundos nazistas e pela Inteligência austríaca. Mais tarde, Skorzeny, Gehlen e sua rede de colaboradores ganharam influência significativa em partes da Europa e da América Latina. Skorzeny viajou entre a Espanha e a Argentina, onde atuou como conselheiro do presidente Juan Perón, tendo sido posteriormente guarda costas de Eva Perón, primeira dama argentina, promovendo uma ambição para criar futuramente um "Quarto Reich" centrado na América Latina.

Juan Perón

Eva Perón

A idéia para a rede Spinne começou em 1944, quando o diretor de inteligência de Hitler, Reinhard Gehlen, prevê uma possível queda do Terceiro Reich devido as falhas militares nazistas na Rússia. TH Tetens, especialista em geopolítica alemã e membro da Comissão de Crimes de Guerra dos EUA em 1946-1947, referiu-se a um grupo que se sobrepõe com o Spinne como o Führungsring (uma espécie de máfia política, com sede em Madri ... servindo vários propósitos) O escritório de Madri construíu o que foi referido como uma espécie de Rede Fascista Internacional. Segundo Tetens, a liderança alemã também incluiu o Dr. Hans Globke, que ocupou o importante cargo de Diretor da Chancelaria Alemã de 1953 a 63, servindo como conselheiro da Konrad Adenauer.

Dr. Hans Globke


De 1945 a 1950, o líder de Die Spinne, Skorzeny, facilitou a fuga de criminosos de guerra nazistas das prisões criminais de guerra para 
Memmingen, na Baviera, através da Áustria e da Suíça para a Itália. Dizem que autoridades militares dos EUA sabiam da fuga, mas não tomaram nenhuma ação. A sede da central europeia de Die Spinne a partir de 1948 estava em Gmunden, na Áustria.
Um escritório de coordenação para as operações internacionais de Die Spinne foi estabelecido em 
Madri por Skorzeny sob o controle de Francisco Franco, cuja vitória na Guerra Civil Espanhola foi auxiliada pelo apoio econômico e militar de Hitler e Mussolini. 

Francisco Franco

Quando uma delegação Nazi de Die Spinne visitou Madrid em 1959, Franco declarou: "Por favor, considere a Espanha como sua segunda pátria". Skorzeny usou os recursos de Die Spinne para permitir que o famoso médico de campo nazista Joseph Mengele escapasse para a Argentina em 1949.
Skorzeny solicitou assistência do magnata industrial alemão 
Alfried Krupp, cuja empresa havia controlado 138 campos de concentração do Terceiro Reich; a assistência foi concedida em 1951. 

Alfried Krupp

Joseph Mengele


Skorzeny tornou-se o representante de Krupp em empreendimentos industriais na Argentina, um país que abrigava um forte elemento político pró nazista durante a Segunda Guerra Mundial e depois independentemente de uma declaração nominal de lealdade aos Aliados quando a Segunda Guerra Mundial terminou. Com a ajuda dos líderes da Die Spinne na Espanha, no início da década de 1980, Die Spinne tornou-se influente na Argentina, no Chile e no Paraguai, incluindo vínculos envolvendo o ditador paraguaio Alfredo Stroessner.

Alfredo Stroessner

O investigador dos crimes de guerra, o Judeu Simon Wiesenthal, afirmou que Joseph Mengele tinha ficado na notória Colonia Dignidade Nazista no Chile em 1979 e finalmente encontrou porto seguro no Paraguai até sua morte mais tarde posteriormente no Brasil, na cidade praiana de Bertioga em São Paulo. 

Simon Wiesenthal


Colonia Nazista Dignidade no Chile
(Hoje Vila Baviera)

Na década de 1980, Mengele foi orientado pela Die Spinne para aconselhar a polícia paraguaia étnica de Stroessner sobre como reduzir os índios paraguaios nativos na região do Chaco para leva-los futuramente ao trabalho escravo. Um contingente político nazi poderoso pós-segunda guerra mundial dominou a Argentina até o final da década de 1960, incluindo muitos imigrantes nazistas alemães e seus descendentes.


Fonte:

- Wikipédia
- Pesquisas Realizadas pelo Autor do Blog

-.-.-.-

Até o Próximo Post
Forte Abraço
Osmarjun

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

U.S. M20 Armored Utility Car - 1:35 Tamiya - parte 5


Atualizando Detalhes do M 20

 pintando lonas e sacolas que serão adicionadas
ao M 20 no final 

lonas e sacolas terminadas


A Base

Dando sequência no trabalho da base

 preparando o terreno


trabalhando o barro

 começando as poças d' água



 arame farpado para o alto do terreno

inciando uma árvore

Novas atualizações no próximo post.
Forte Abraço!
Osmarjun